Método Pilates

Quem foi Joseph Pilates?





O que é? 


O Pilates tem como base um conceito denominado contrologia. Segundo Joseph, Pilates seria o controle consciente de todos os movimentos musculares do corpo, a correta utilização e aplicação dos mais importantes princípios das forças que atuam em cada um dos ossos do esqueleto, com o completo conhecimento dos mecanismos funcionais do corpo, e o total entendimento dos princípios de equilíbrio e gravidade aplicados a cada movimento, no estado ativo, em repouso e dormindo. 

Os exercícios do método Pilates são, na sua maioria, executados na posição deitada, havendo diminuição dos impactos nas articulações de sustentação do corpo na posição ortostática (em pé) e, principalmente, na coluna vertebral, permitindo recuperação das estruturas musculares, articulares e ligamentares particularmente da região sacrolombar. 

O sistema básico inclui um programa de exercícios que fortalecem a musculatura abdominal e paravertebral, bem como os de flexibilidade da coluna, além de exercícios para o corpo todo.


Revista Isto É


Princípios

No Pilates existem 6 princípios que devem ser seguidos sempre pelos alunos, afim de fazer máximo proveitos das aulas:

  1. RESPIRAÇÃO: ela deve ser sempre coordenada com o movimento. A expiração deve ser total e a inspiração profunda e o mais natural possível. Via de regra, expira-se nos momentos de maior esforço dos movimentos. Este é o principal princípio e está presente em qualquer escola ou linha de formação. A respiração adequada utiliza a musculatura profunda do abdome, além do assoalho pélvico e músculos da coluna.
  2. CENTRO DE FORÇA: também conhecido como "power house", é um conjunto de músculos responsáveis pela sustentação da coluna e dos órgãos internos. O fortalecimento desta musculatura proporciona a estabilização do tronco e um alinhamento biomecânico com menor gasto energético. Além das quatro camadas do abdome, glúteos e paravertebrais, fazem parte também: assoalho pélvico, eretores profundos da coluna e os flexores e extensores do quadril.
  3. CONCENTRAÇÃO: deve-se dar atenção e importância a todas as partes do corpo para que o movimento seja realizado com a maior eficiência possível. É a transformação de um pensamento em movimento. Sempre haverá mais de um aspecto a ser pensado ao mesmo tempo.
  4. CONTROLE: é o total domínio, suavidade e harmonia do movimento. O aprendizado motor dos movimentos também faz parte dos objetivos e benefícios do Pilates e está diretamente relacionado com o princípio da Concentração.
  5. PRECISÃO: diz respeito ao refinamento do controle e equilíbrio dos diferentes músculos envolvidos num movimento, sem gasto desnecessário de energia a partir de contrações inadequadas, sejam elas exageradas ou deficientes.
  6. FLUIDEZ: os movimentos devem ter leveza e continuidade, sem início, meio ou fim. Desta forma, o organismo aproveita as diversas fases do exercício, resultando num treino equilibrado e funcional.


Revista Isto É


Principais benefícios

Praticando Pilates regularmente, você pode obter os seguintes benefícios:


Alongar, tonificar e definir a musculatura sem exageros;
Fortalecer a musculatura abdominal mais profunda;
Tornar os movimentos mais eficientes, deixando o corpo menos vulnerável a lesões;
Reduzir o estresse, aliviar as tensões e ganhar energia;
Restaurar o alinhamento postural, deixando a coluna mais forte e flexível;
Recuperar de lesões, aliviar dores nas costas e nas articulações em geral;
Melhorar a circulação sangüínea;
Melhorar a mobilidade, agilidade e vigor;
Complementar o treino esportivo e desenvolver a funcionalidade para as atividades diárias;
Ajudar a controlar e educar a respiração durante a execução dos movimentos.;
Promove melhoras nos níveis de consciência corporal e melhora a coordenação motora.




Nenhum comentário:

Postar um comentário